James Faulkner

Diretor Executivo Chefe Da Filial De Miami (EUA)

Jim Faulkner é diretor administrativo da Kroll em Investigações e disputas e chefe da filial de Miami (EUA). Jim dirige investigações corporativas de fraude interna e supervisiona gestores de caso que realizam atividades de prevenção e combate à lavagem de dinheiro, rastreamento de ativos e due diligence transacional no sudeste dos Estados Unidos e na América Latina. Ele tem mais de 17 anos de experiência na realização e supervisão de investigações nos setores público e privado, tanto como consultor quanto como procurador federal e estadual.

Jim se juntou à Kroll após uma carreira destacada no Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Mais recentemente, ele atuou como adido judicial para o Departamento de Justiça de Bogotá, Colômbia. Nessa cidade ele liderou os esforços da diplomacia legal junto a promotores e agentes federais dos Estados Unidos, ajudou a coordenar um programa massivo de extradição e assistência jurídica mútua, além de conseguir reformas legislativas importantes que desenvolveram a relação bilateral de cumprimento da lei.

Antes disso, Jim processou organizações internacionais complexas de tráfico de drogas, inclusive dois líderes das FARC, a maior organização terrorista no Hemisfério Ocidental, tendo recebido o prêmio do procurador-geral adjunto do Departamento de Justiça por Advocacia experimental em 2005 e por Execução criminal transnacional em 2007. Além disso, Jim ocupou os cargos de adido judicial substituto na Colômbia e de advogado de processo no Departamento de Assuntos Internacionais.

Antes de trabalhar para o Departamento de Justiça, Jim foi promotor do Ministério Público Estadual no condado de Miami-Dade e jurista da Missão de Verificação das Nações Unidas na Guatemala.

Experiência profissional

Investigações de fraude representativas

A seguir, uma breve lista de trabalhos de consultoria recentes:

  • A equipe de investigação de Jim solucionou três fraudes simultâneas para uma empresa na América Central com base em pesquisas em registros públicos e redes sociais, buscas em arquivos de funcionários e desenvolvimento de informantes confidenciais. Os funcionários culpados foram identificados, assim como seus colaboradores fora da empresa. Jim e sua equipe estabeleceram um acordo de cooperação mútua entre os órgãos de fiscalização da lei da América Central e dos Estados Unidos para que os acusados pudessem ser processados.
  • Jim foi contratado por uma empresa multinacional para investigar suspeitas de apropriação indébita em uma subsidiária latino-americana. A investigação envolveu o desenvolvimento de informantes confidenciais, verificação de antecedentes de fornecedores e consultores, análise de registros financeiros e faturas de fornecedores selecionados, buscas em e-mails e dados de disco rígido com o uso de palavras-chave e várias entrevistas simultâneas com gerentes e funcionários. O relatório de Jim deu uma descrição completa do que havia acontecido e recomendações para ações corretivas com o objetivo de evitar e detectar desvios de conduta no futuro.
  • Jim investigou denúncias de fraude no setor de compras de uma empresa multinacional com subsidiárias e parceiros de joint ventures em vários países latino-americanos. O alvo da investigação foi inicialmente considerado inocente pela gerência da empresa. Entretanto, a investigação de Jim resultou em uma confissão completa e em restituição por parte do executivo culpado.

Publicações
  • “The Return of Retail Theft to Organized Crime”, Kroll Global Fraud Report – Vulnerabilities on the Rise, Annual Edition 2015/16
  • Coautor do capítulo intitulado “Foreign Discovery Issues, Including Brady, Giglio, and Jencks Materials”, Federal Narcotics Prosecutions, Ch. 38 (3d ed., U.S. Dept. of Justice, Office Legal Educ., março de 2011)

Formação e certificações
  • J.D., University of Virginia

  • Bacharelado, University of Virginia

  • Filiado à Associação de Advogados da Flórida, da Virgínia e do distrito de Colúmbia

  • Piloto privado certificado pela FAA

Prêmios e reconhecimentos
  • Prêmio do procurador-geral adjunto do Departamento de Justiça dos Estados Unidos por Execução criminal transnacional, 2007.

  • Prêmio do procurador-geral adjunto do Departamento de Justiça dos Estados Unidos por Advocacia experimental, 2005

Faulkner /pt-br/especialistas-da-kroll/james-faulkner /pt-br/-/media/kroll-br/images/headshots/james-faulkner.ashx people {4313BE62-CFF6-4B37-966A-BFC80010F204}

Publicações

Notícia